SIGA NOSSOS CANAIS

CAMOCIM: PEDREIRO MORRE ENQUANTO TRABALHAVA EM TETO DE CASA


Uma tragédia tirou a vida de um trabalhador durante a manhã desta quarta-feira, 27, por volta das 09h. As primeiras informações é que um pedreiro Cícero Custódio Viana, 37 anos, natural de Camocim, residente na Rua 24 de Maio, 10, Bairro Praia, havia subido no telhado de uma residência localizada no cruzamento das ruas Tiradentes com João Pessoa para fazer um conserto e acabou atingido por uma forte descarga elétrica. Cícero morreu na hora e ficou no telhado da dita residência. Policiais militares foram enviados para o local e comprovaram a morte do trabalhador. 

Atualizando: Momentos depois do sinistro, a esposa da vítima compareceu ao local e informou que seus esposo sofria com problemas cardíacos. Um policial que subiu no telhado da residência e viu o corpo da vítima, afirma o corpo estava praticamente intacto, sem marcas de queimaduras em nenhuma parte do corpo, característico de quem morre de choque elétrico.
Um outro policial esteve explicando o caso para um funcionário da Enel e este entro em contato com a Central em Fortaleza tendo como resposta que não foi detectado nenhum curto-circuito ou qualquer alteração na rede de alta tensão na área de Camocim, reforçando ainda mais a hipótese de morte natural, no entanto, somente o laudo pericial que será emitido nos dias seguintes apontará a verdadeira causa da morte do trabalhador.

Atualizando 2: Por volta das 12h35 compareceu ao local um perito da Pefoce que ao realizar exames preliminares no local do sinistro não visualizou sinal de queimaduras no corpo, bem como não tinha nenhum fio elétrico junto ao corpo, e que tudo leva a crê se tratar de uma morte natural, pois a esposa da vítima relatou que o mesmo já sofria de problemas cárdicos. O corpo foi removido para o IML em Sobral para exames cadavéricos. Posteriormente será emitido o laudo pericial que apontará a verdadeira causa da morte.
O trabalhador morreu na posição sentada. Estava longe da rede elétrica e não tinha marcas de queimaduras pelo corpo
Em destaque, local em que a vítima teve o contato com o fio de alta tensão


FONTE: CAMOCIM POLÍCIA 24 HORAS
Loading...