SIGA NOSSOS CANAIS

Polícia Civil prende chefão da GDE que ordenava mortes e expulsão de moradores

O bandido estava em liberdade temporária e usava uma tornozeleira eletrônica. Mesmo assim, continuava comandando a facção na zona Sul de Fortaleza. Emanoel foi capturado numa operação de agentes do 30º DP.


Policiais civis capturaram na tarde dessa terça-feira (27), em Fortaleza, um dos líderes da facção criminosa Guardiões do Estado (GDE). A operação foi realizada por inspetores do 30º DP (São Cristóvão), em cumprimento a uma ordem judicial que determinou a prisão preventiva do suspeito. O bandido foi identificado como Emanoel Marques Palhano, que estava em liberdade temporária usando uma tornozeleira eletrônica.

Segundo a Polícia, ele é o responsável por diversos casos de assassinatos ocorridos nos últimos meses na área que compreende o Conjunto Maria Tomásia, no Grande Jangurussu, na zona Sul da Capital. Crimes que vitimaram muitos jovens – homes e mulheres – na guerra que envolve a GDE e a facção Comando Vermelho (CV).

Segundo as autoridades, Emanoel tanto ordenava as mortes (era o mandante) como também, em alguns casos, fazia questão de pessoalmente executar as vítimas. As pessoas eram sequestradas, torturadas e, por fim, executadas a tiros e os corpos mutilados (esquartejados ou decapitados) ou destruídos por fogo, em cenas cruéis que eram filmadas nos celulares da quadrilha e as imagens postadas nas redes sociais.

A operação de captura do bandido foi comandada pelo delegado Maurício Júnior, titular do 30º DP. Segundo a Polícia, no momento do cerco policia, o bandido tentou se esgueirar de forma desordenada, inclusive invadindo casas, para enganar o monitoramento eletrônico e fugir da Polícia. “Nossa equipe não desistiu até conseguir localizá-lo e prendê-lo”, disse o delegado. (Cearanews7)
Loading...