80% da frota de táxis de Sobral já opera com o taxímetro

A Prefeitura de Sobral, por meio da Secretaria de Obras, Mobilidade e Serviços Públicos (Secomp), está fiscalizando a instalação do taxímetro nos cerca de 200 táxis autorizados a circularem na cidade. Os taxistas têm até o dia 30 de março para realizarem a instalação do equipamento, sob pena de ficarem impedidos de operar no município após essa data. A norma é uma exigência da Lei Municipal 1.354/2014 que regulamenta o serviço de táxi em Sobral. De acordo com a Secomp, 158 veículos já contam com o equipamento devidamente auferidos e instalados.
A bandeirada custa R$ 5,33. A bandeira 1, no valor de R$ 2,15, é cobrada de segunda a sábado, entre 6h e 20 horas. Já a bandeira 2 custa R$ 3,09 e é cobrada entre 20h e 6 horas, além dos domingos e feriados.
Segundo o diretor do Sindicato dos Condutores Autônomos de Veículos Rodoviários de Sobral (Sintáxi), Flávio da Silva, a medida “é favorável tanto para o taxista como para o cliente, porque com o taxímetro o consumidor paga pelo que está rodando. Com isso, barateou para o usuário e o taxista está ganhando o justo”, explica.
Instalação
A aferição e instalação do equipamento é feita pelos técnicos da Agência Regional do Instituto de Pesos e Medidas (IPEM). Segundo o gerente de Transportes da Secomp, Anderson Ribeiro, os profissionais que ainda não realizaram a instalação do taxímetro devem entrar em contato com a coordenação de Mobilidade da Secomp, localizada na Rua Viriato de Medeiros, 1250 – Centro (3º Andar), para adquirirem a autorização para instalação.
Siba mais: (88) 3677-1179

As mais lidas da semana