SIGA NOSSOS CANAIS

Apagão causa morte de 15 toneladas de peixe; Empresário tem prejuízo de R$ 140 mil


Os animais morreram após o sistema de oxigenação da água parar de funcionar após a falta de energia, num viveiro em Aquiraz. Além do susto e do trânsito caótico, muita gente também teve prejuízo com o apagão que ocorreu nesta quarta-feira (21), no Ceará. 

As quase 5 horas de falta de energia fizeram o criador de tilápias Silvio Monteiro perder de cerca de 15 toneladas de peixe, em Aquiraz, na Região Metropolitana de Fortaleza. “Eu tenho quatro viveiros de peixes. Ia fazer uma grande venda para a Semana Santa. Cada tilápia custa entre R$ 10 a R$ 14. Cada viveiro tem, em média, 15 mil peixes. 

No mínimo, 25 mil peixes morreram, um prejuízo em torno de R$ 140 mil”, calcula o empresário. Silvio contou que chegou ao local por volta das 17h30, cerca de 2h após o início do apagão. A morte dos animais ocorreu porque as bombas que levam oxigênio para a água pararam de funcionar com a falta de energia. O empresário até tentou ligar as bombas reservas, que funcionam a gasolina, mas não houve como salvar a criação. O empresário contou com a ajuda de funcionários e moradores do local para ajudar na retirada dos peixes dos reservatórios. “Eu não sei o que está vivo dentro dos tanques. 

Doei muito peixe, que tava morrendo. É melhor doar do que perder. É triste não só pelo prejuízo material, mas por ver o peixe agonizando com a falta de oxigênio”, disse o empresário, que vai recorrer à Justiça em busca de ressarcimento dos prejuízos.
Loading...