LAMENTÁVEL: Humorista Fonsequinha é assassinado por engano enquanto levava passageiro no Uber



Camilo Santana não está no Ceará para saber que a Segurança Pública está um caos. Para ele, Paris continua uma festa.



O humorista Fonsequinha (Francisco Fonseca Neto), ex-TV Jangadeiro, foi assassinado por engano na noite desta quarta-feira (2). Ele fazia Uber e estava levando Robson Borges da Silva Filho, de 24 anos, no bairro Planalto Ayrton Senna. Os bandidos entraram para matar o passageiro e os tiros acertaram também no motorista. Os dois morreram.

Fonsequinha era irmão do locutor Marco Antônio Júnior, da FM 93. O crime foi cometido por dois homens e aconteceu por volta das 18h na rua Planaltina.

O Ceará News 7 apurou com testemunhas que Robson Borges solicitou a viagem minutos antes e foi assassinado assim que entrou no Fiat Pálio, cor verde, de Fonsequinha.

Em tempo

Enquanto isso, o governador Camilo Santana (PT) está vivo e feliz em Paris. Por lá, ainda não deve ter chegado a notícia de que a Segurança Pública no Ceará permanece um caos.

Na França, Camilo está sentindo que Paris continua uma festa. Aqui, a população reclama — com muitos motivos — que o Ceará continua uma carnificina. (Cearanews7)

As mais lidas da semana