LATROCÍNIO QUE VITIMOU COMERCIANTE EM AMARELAS FOI ELUCIDADO E UM DOS ACUSADOS ESTÁ PRESO, DIZ POLÍCIA CIVIL


Eric, um dos acusados
Mais um crime de grande repercussão foi elucidado durante a tarde desta quarta-feira, 09, pela Polícia Civil de Camocim. A vítima do crime foi o comerciante José Flavio Dourado Barbosa, mais conhecido como “Zé da Chica”, e o crime aconteceu no dia 19 de janeiro deste ano durante os festejos do distrito de Amarelas. De acordo com a polícia, o crime teria sido elucidado e um dos autores foi identificado como Eric da Silva Teles, 26 anos, ex-detento da cadeia pública de Camocim. O seu comparsa não teve o nome divulgado mais sua prisão é apenas questão de tempo, disse um dos policiais civis envolvido na operação.

Prisão

Dias após o crime que comoveu toda população do município de Camocim, principalmente a do distrito de Amarelas, a equipe de policiais civis da DRPC de Camocim sob o comando do Dr, Herbert Ponte iniciou as investigações e depois de algum tempo chegou até o nome de Eric, o qual teria sido reconhecido por testemunhas oculares como um dos autores do crime. O caso foi levado até o poder Judiciário e um mandado de prisão preventiva foi expedido pelo Juiz de Direito Antonio Washington Frota da 2ª vara da Comarca e Camocim em desfavor de Eric da Silva Teles, o qual foi preso durante a tarde desta quarta-feira no município de Granja, cidade que ele estava morando já algum tempo. O indivíduo será recambiado para a cadeia pública de Camocim onde ficará a disposição da justiça.

Relembre o crime
Uma tentativa de latrocínio foi registrada pela polícia ocorrida durante os festejos do distrito de Amarelas, em Camocim. A vítima foi um comerciante identificado como José Flavio Dourado Barbosa, natural de Camocim e residente em Amarelas.  
Sinistro  
Era por volta das 23h00 de sexta-feira, 19, ocasião em que a vítima estava em seu estabelecimento comercial conhecido como “Comércio do Zé da Chica”, quando chegaram dois elementos de capacetes, estando um deles armado com um revolver inox e anunciaram o assalto. Nesse momento a vítima agiu pela emoção e reagiu ao assalto, chegando a entrar em luta corporal com um dos assaltantes que estava armado. Durante a luta a arma do bandido caiu no chão e o outro assaltante partiu pra cima da vitima em socorro ao comparsa e chegou a derrubar o comerciante. De forma covarde, com o comerciante ainda no chão, um dos bandidos juntou a arma e desferiu um tiro a queima roupa que atingiu o abdome da vítima. Após a tentativa de latrocínio os bandidos fugiram em alta velocidade e, embora os esforços empreendidos pelos policiais os mesmo não foram localizados.  
Morte na Santa Casa  
Após ser baleada, a vítima foi socorrida por populares ao HDMA em Camocim e após receber os primeiros atendimentos foi transferido imediatamente e em estado grave para a Santa Casa de Sobral. Após passar três dias lutando para sobreviver, infelizmente o comerciante “Zé da Chica” não resistiu e veio a óbito na terça-feira, 23 de janeiro, na Santa Casa de Sobral
Camocim Polícia 24h

As mais lidas da semana