SIGA NOSSOS CANAIS

PROFESSOR É ACUSADO DE ESTUPRO DE VULNERÁVEL EM ESCOLA DE SOBRAL


A família de uma aluna de 14 anos, que estudava no Colégio Sobralense de Tempo Integral Maria Dorilene de Arruda Aragão, foi a delegacia de polícia civil e fez um boletim de ocorrência de estupro de vulnerável. O documento acusa um professor da escola de assédio contra uma garota. A informaçãoes apontam que a  mãe chegou a ir à escola pedir uma providência, mas o diretor indagou se era verdade o que a garota contava.

“Ela era uma menina normal antes disso acontecer”, relata a mãe. Depois da tentativa de suicídio da aluna, em decorrência do trauma, a família decidiu buscar ajuda dos estagiários do curso de psicologia de uma Faculdade particular.

O caso segue sendo investigado pela Delegacia Regional de Polícia Civil de Sobral.

FONTE: SOBRAL 24 HORAS

Destaques da Semana