SIGA NOSSOS CANAIS

5,5 milhões de crianças não têm o nome do pai na certidão de nascimento

Durante o mês de agosto, os cartórios estão com a campanha “Estar presente, ou não, só depende de você”. A ideia é estimular o reconhecimento dos filhos pelos pais

Mais de 5,5 milhões de crianças em todo o país não têm o nome do pai na certidão de nascimento. Uma campanha pretende mudar essa realidade, estimulando o reconhecimento voluntário. É o que mostra a matéria do Jornal Jangadeiro, da TV Jangadeiro/SBT.

Newdja Santana foi reconhecida como filha pelo pai quando já era adulta. Na certidão, constava apenas o nome da mãe. “Ele me reconheceu há cinco anos, mas sempre tivemos o contato”.

No Brasil, de acordo com Censo Escolar de 2011, 5,5 milhões de crianças em todo o país não têm o nome do pai na certidão de nascimento. Durante o mês de agosto, os cartórios estão com a campanha “Estar presente, ou não, só depende de você”. A ideia é estimular o reconhecimento dos filhos pelos pais.

O processo de reconhecimento de paternidade espontâneo é simples e sem nenhum custo. Basta o pai se dirigir ao cartório com documento de identidade e certidão de nascimento do filho. No local, ele preenche o termo de reconhecimento. O documento também precisa ser assinado pela mãe. No caso de criança acima de 12 anos, o reconhecimento precisa ter a aprovação do filho.

Destaques da Semana