SIGA NOSSOS CANAIS

Campeão paraibano de sinuca é morto a tiros em ação desastrosa da PM no Ceará


Uma operação desastrosa da Polícia Militar do Ceará na madrugada desta quarta-feira (1º) resultou na morte de um cidadão paraibano. A vítima era um atleta campeão paraibano de sinuca. José Messias Guedes Oliveira, 35 anos, foi baleado e morto dentro do carro onde viajava com três colegas competidores. Dois deles ficaram feridos. Esta é a sexta morte do ano de operações equivocadas da PM. O fato está registrando ampla repercussão na Imprensa paraibana.

Era por volta de 2h30 desta quarta-feira quando policiais militares de uma patrulha do Batalhão de Divisas dispararam vários tiros contra o Corolla branco, placas QEW-5350, na rodovia estadual CE-371, na saída da cidade de Campos Sales (a 531Km de Fortaleza), próximo ao trevo em direção à Nova Olinda. Segundo informações apuradas pela Imprensa do Cariri e da Paraíba, no carro estavam quatro homens que saíram da Paraíba e seguia com destino ao Maranhão para participar de mais uma competição nacional de sinuca. Entre eles estava Guedes Oliveira.
Os amigos haviam parado para lanchar na estrada. Tinham acabado de sair de um restaurante ao lado de um posto de combustíveis na entrada da cidade de Campos Sales e seguiram viagem. Contudo, no caminho, se depararam com uma patrulha da PM. Houve a informação de que um funcionário do posto acionou a Polícia diante da suspeita de que dentro do carro havia armas longas e que os quatro homens poderiam estar tramando um assalto a banco na região. Na verdade, as supostas armas vistas pelo frentista eram tacos de sinuca.

Baleados no carro

Policiais saíram à procura do Corolla e acabaram encontrando o carro já na estrada. Segundo a versão dos PMs, o motorista teria “furado” um bloqueio na rodovia. A partir daí, os militares passaram a disparar tiros em direção ao automóvel. Um deles atingiu mortalmente o campeão paraibano.

Ao perceber o que tinham feito, os PMs trataram de socorrer o rapaz baleado. Contudo, no Hospital de Campos Sales foi constatado o óbito de Guedes, atingido com tiros no abdome.

Outro passageiro do carro, Josean Leite de Oliveira, 38 anos, ficou ferido. Josean Leite de Oliveira, 38 anos, foi atingido com dois tiros, sendo um no polegar da mão esquerda e outro na perna direita, próximo ao joelho. Wendell, também competidor de sinuca, sofreu um tiro de raspão na cabeça. O quarto ocupante do carro, identificado por Gutielle, ficou ileso.

Veja outros casos de ações desastrosas com morte da PM neste ano no Ceará:

1 - Dia 25 de abril/2018 – José Isaac Santiago da Silva, um garoto de apenas 6 anos de idade, morre ao ser baleado por policiais militares que havia cercado a casa de seus familiares, no bairro Bom Jardim, em busca de armas e drogas.

2 - Dia 6 de maio/2018 – Wellington Matias de Sousa, 32 anos, morre após ser atingido por um tiro de carabina disparado por policiais militares que perseguiam bandidos em um carro roubado pela Avenida José Bastos, no bairro Demócrito Rocha, na Capital.

3 - Dia 29 de maio/2018 – Rodrigo Alves Martins 31 anos, morre durante uma operação conjunta da Polícia Civil e da PM na cidade de Crateús. Ele foi detido pela Polícia e algemado, mas conseguiu abrir as algemas e se apoderar de uma arma, sendo baleado e morto pelos policiais.

4 - Dia 31 de maio/2018 – Márcio Gabriel Mendes Ferreira, adolescente de 16 anos, é morto, a tiros, no momento em que policiais do Batalhão de Policiamento Rodoviário Estadual (BPRE) faziam uma abordagem na Avenida I do Conjunto José Walter. As circunstâncias da morte apresentam versões contraditórias sobre quem atirou no menor.

5 - Dia 11 de junho/2018 – Gisele Távora Araújo, 42 anos, morre no IJF-Centro horas após ser baleada por policiais militares na Avenida Oliveira Paiva, na Cidade dos Funcionários, quando seu carro foi confundido pelos PMs como sendo roubado.

(Fernando Ribeiro)