SIGA NOSSOS CANAIS

Estacionar próximo à Câmara de Sobral poderá lhe custar caro


Um ato insano, desesperador, invejoso, ou simplesmente ódio? - Não se sabe ainda o certo, mas o desgosto, e a revolta é real para quem ousa estacionar seu veículo, numa rua paralela ao prédio da Câmara de Vereadores de Sobral. Relatos de quem já teve a pintura do carro arranhada, pneu esvaziado e banco de motocicleta cortado, são uma constantes.

A última que se tem conhecimento, foi o radialista Pepeu Gomes (Rádio Tupinambá) e de sua esposa Vanusa, que para proteger as motos do sol causticante estacionaram suas motos, na manhã de sábado, 11, na sombra das árvores que embelezam a rua. Mais tarde, ao retornar, veio a revolta: os assentos das motos estavam cortados, sem nenhuma explicação. Agora, segundo o casal, virou caso de polícia e providências serão tomadas, para que os danos sejam reparados.