SIGA NOSSOS CANAIS

Sobral comemora o Dia Municipal do Patrimônio


Sobral- As festividades do Dia Municipal do Patrimônio, realizadas entre os dias 26 de outubro e 1º de novembro, trarão este ano o tema “Sobral: minha cidade, minha história”. O evento pretende fortalecer a relação da população com o patrimônio cultural sobralense. A data comemora o tombamento do Sítio Histórico de Sobral, pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), em 1999.

Patrimônio

O Centro Histórico de Sobral, formado por preservados casarões antigos, sobrados, igrejas e belas praças, compõe um cenário que convida a um passeio, sem pressa, por essas verdadeiras joias urbanísticas margeadas pelo Rio Acaraú, que corta parte da cidade. Todo este conjunto arquitetônico protegido por lei abriga 1.247 imóveis dos séculos XVIII, XIX e XX, de estilos diferenciados, onde se destacam o barroco, o colonial, neoclássico, art nouveau e art déco, compreendidos numa área total de 5,33 quilômetros.


O tombamento, que garante a continuidade da história visual de formação da cidade, também busca preservar seu sítio histórico, abrindo espaço para ampliação do planejamento urbano de forma ordenada, ao longo dos anos, como o que vem ocorrendo, também no entorno.

Reformas

No pacote de reformas realizadas nos últimos anos, se destacam a restauração do Theatro São João e da Casa do Capitão Mor; requalificação do Largo das Dores; reforma do Boulevard do Arco; a urbanização da Margem Esquerda do Rio Acaraú; e a ocupação de antigos galpões de uma fábrica com a instalação da Escola de Comunicação, Cultura, Ofícios e Artes (Ecoa).

Turismo histórico

De acordo com a secretária de Urbanismo de Sobral, Marília Gouveia Ferreira Lima, “por meio desses investimentos, ao longo dos anos, nosso Sítio Histórico tem tido uma importante valorização de toda a sua área, além de seus monumentos, com edificações de estimado peso cultural. Com essas mudanças, nós oferecemos mais locais de visitação, e a cidade atrai mais pessoas, o que gera renda para o município”, explica.

Programação do Dia Municipal do Patrimônio

Dia 26 (sexta-feira)

– Lançamento do livro “Belchior – O silêncio do amor”, de Russen Moreira Conrado

– Exposição “Minha história com Bel”

Local: Casa da Cultura

Horário: 19 horas

– Show “Aniversário de Belchior”

Local: Praça São João

Horário: 20 horas

Dia 29 (segunda-feira)

– Oficina de desenho participativo “Ilustrando a cidade”

Local: Escola Professor Gerardo Rodrigues

Horários: 7h30 e 14 horas

– Oficina “Doces lembranças – Fartes”

Local: Casa do Capitão-Mor

Horário: 8 horas

– Mesa redonda “Compartilhar saberes”

– Lançamento do Concurso do Selo dos 20 Anos de Tombamento

Local: Casa da Cultura

Horário: 19 horas

Dia 30 (terça-feira)

– Encontro “Café com fartes”

Local: Casa do Capitão-Mor

Horário: 17 horas

– Palestra “Para pensar a cidade: educação patrimonial nas escolas da rede municipal”

Local: E.E.F.M. Professor Luis Felipe

Horário: 18h30min

– Abertura da Jornada do patrimônio “Criar laços afetivos”

– Mesa temática 1 “Conexões: pessoas, lugares e memórias”

Mesa temática 2 “Intervenções e requalificações no Centro Histórico de Sobral”

Local: Casa da Cultura

Horário: 19 horas

Dia 31 (quarta-feira)

– Visita técnica mediada

Local: Obra da Estação Ferroviária de Sobral

Horário: 8 horas

– Roda de conversa “Cultura popular ao som do acordeon”

Local: Escola de Música de Sobral

Horário: 14 horas

– Encerramento da I Jornada do Patrimônio

– Mesa redonda “Semear ideias”

– Lançamentos do “Conselho do Patrimônio” e da “Lei de Tombamento”

– Divulgação da “Agenda dos 20 anos de tombamento”

Local: Casa da Cultura

Horário: 19 horas

Dia 1º (quinta-feira)

– Circuito histórico-cultural

Local: Pedra da Andorinha e Sítio Arqueológico de Taperuaba

Horário: 7 horas