SIGA NOSSOS CANAIS

CONCURSO DA MARINHA DO BRASIL ABRE 54 VAGAS; REMUNERAÇÃO VAI ATÉ R$ 11 MIL




A Marinha do Brasil está com inscrições abertas até o dia 1° de abril para o concurso público de ingresso no corpo de engenheiros. Ao todo, são 54 vagas com remuneração que pode chegar até R$ 11 mil. 

As vagas são destinadas para homens e mulheres com menos de 36 anos até o dia 1° de janeiro de 2020, que tenham concluído o ensino superior em uma das áreas oferecidas, brasileiros natos; e que estejam em dia com as obrigações civis e militares. 

Confira o quadro de vagas: 
Engenharia mecânica (11); 
Engenharia elétrica (7); 
Engenharia naval (6); 
Engenharia civil (5); 
Engenharia eletrônica (5); Engenharia de produção (3); 
Engenharia de sistemas de computação (3); 
Engenharia de telecomunicações (3); 
Engenharia química (3); 
Arquitetura e urbanismo (2); 
Engenharia cartográfica (2); 
Engenharia de materiais (2); 

Engenharia mecatrônica (2) 

As inscrições podem ser feitas pelo site ou presencialmente, nos endereços listados no edital. Na área de jurisdição do Comando do 3º Distrito Naval, as inscrições podem ser realizadas: em Natal-RN, no Comando do 3º Distrito Naval; em Recife-PE, na Escola de Aprendizes-Marinheiros de Pernambuco; e em Fortaleza-CE, na Escola de Aprendizes-Marinheiros do Ceará. 


Processo seletivo 

O concurso será realizado em duas fases, sendo uma prova objetiva de conhecimentos profissionais com 20 questões, e redação. Já a outra fase é uma prova discursiva de conhecimentos profissionais e uma tradução de texto de Inglês técnico. 

Os aprovados realizarão os eventos complementares, que consistem em: Verificação de Dados Biográficos, Inspeção de Saúde, Teste de Aptidão Física, Prova de Títulos, Avaliação Psicológica, Verificação de Documentos e Procedimento de Heteroidentificação Complementar à Autodeclaração. 

Além do Curso de Formação de Oficiais (CFO) no Centro de Instrução Almirante Wandenkolk (CIAW), na cidade do Rio de Janeiro, durante 25 semanas. Com período de adaptação, de três semanas, e de estágio de aplicação, de 6 semanas, a ser realizado em Organizações Militares. 

Fonte: Diário do Nordeste