SIGA NOSSOS CANAIS

CASO GLEYDSON CARVALHO! ACUSADOS CONDENADOS, HOMEM PEGOU 27 ANOS DE CADEIA E MULHERES 23 ANOS CADA



A justiça camocinense julgou e condenou os primeiros acusados pela morte do radialista Gleydson Carvalho, 33 anos. O crime que teve repercussão mundial ocorreu no dia 06 de Agosto de 2015 aqui em Camocim. Na época uma dupla invadiu os estúdios da Rádio Liberdade e executou o radialista com vários tiros enquanto ele apresentava seu programa.
Tribunal do Juri
O Juiz Mikhail de Andrade realizou o julgamento através do Tribunal do Juri que se realizou extraordinariamente no Plenário Deputado Murilo Aguiar, na Câmara dos Vereadores. O réu Thiago Lemos foi julgado à revelia e foi condenado a 27 anos de prisão. As acusadas Gisele de Sousa Nascimento e Regina Rocha Lopes, ambas presentes ao julgamento, foram condenadas a 23 anos de prisão cada. Ainda de acordo com as informações enviadas ao blog Camocim Polícia 24h, seis pessoas ainda serão julgadas no processo.
Camocim Polícia 24h