SIGA NOSSOS CANAIS

Grades de celas da Cadeia Pública abandonada de Cariré são furtadas


As grades das celas da Cadeia Pública de Cariré, no Interior do Ceará, foram furtadas entre quinta-feira (16) e sábado (18). Um boletim de ocorrência (B.O) foi registrado pela Polícia Militar da região neste domingo (19), na Delegacia Regional de Sobral. O local está desativado há quatro meses

O comandante da PM de Cariré, 1º sargento Vasconcelos, informou ao Sistema Verdes Mares que o principal suspeito do crime é um agente penitenciário de Sobral, que já trabalhou na Cadeia Pública de Cariré e tinha as chaves do local. Uma testemunha viu o agente chegando em um caminhão e retirando as celas, ressaltou o agente de segurança.

Vasconcelos enfatizou, ainda, que o suspeito já foi até o destacamento da PM de Cariré, que fica em frente à cadeia desativada, pedir para levar as grades. Como o servidor não apresentou nenhum documento de autorização da Secretaria de Administração Penitenciária (SAP), teve a solicitação negada, conforme o sargento.

O agente da SAP, no entanto, utilizou as chaves antigas para adentrar na cadeia e retirar o equipamento sem a devida autorização, concluiu o policial. 

As cadeias públicas do interior do Ceará começaram a ser desativadas pelo governador do estado, Camilo Santana, em janeiro deste ano, por questões de infraestrutura e segurança.

DIÁRIO DO NORDESTE