SIGA NOSSOS CANAIS

Santa Casa de Misericórdia de Sobral celebra 94 anos de portas abertas para a saúde

A Santa Casa em Números:
(dados de 2018)
55 municípios atendidos (aproximadamente 1,8 milhões de pessoas)
355 leitos
Cerca de 80 mil atendimentos
22 mil internações pelo SUS
22 mil cirurgias
400 mil atendimentos de apoio e diagnóstico
60 mil atendimentos de emergência
32 mil atendimentos a pacientes oncológicos
5,4 mil partos

Hospital filantrópico é referência para toda a zona norte do Ceará na assistência aos mais pobres.

Inaugurada no ano de 1925, a Santa Casa de Misericórdia de Sobral (SCMS) foi idealizada por Dom José Tupinambá da Frota, primeiro bispo da diocese de Sobral, e sempre teve como missão a assistência aos mais pobres. Hospital filantrópico de referência para toda a zona norte do estado do Ceará, a Santa Casa atende a uma população de aproximadamente 1,8  milhões de habitantes, oriunda de 55 municípios. Neste sábado, dia 25 de maio, a instituição celebrará seus 94 anos com uma missa presidida pelo seu provedor, bispo Dom José Luiz Gomes Vasconcelos, às 8h, na própria Capela da Santa Casa.
A história da Santa Casa começou treze anos antes de sua inauguração. No dia 25 de agosto de 1912, houve a solenidade da benção da pedra fundamental, feita por Dom José Tupinambá da Frota. No fim de 1918, o prédio estava todo preparado e pintado, esperando por Irmãs Religiosas para dirigirem internamente o hospital. Em 8 de dezembro de 1923, foi fundada a Associação Beneficente da Santa Casa de Misericórdia de Sobral. No dia 31 de janeiro de 1925, chegaram de fato as Irmãs do Instituto das Filhas de Santa Ana para administrar o hospital.
Evolução permanente marca a trajetória da Santa Casa
Ao longo de mais de 90 anos, o hospital tem evoluído em suas instalações e na qualidade da assistência. Desde 2007a SCMS tornou-se também um hospital de ensino, certificado pelos Ministérios da Saúde e da Educação, passando a contar com o Departamento de Ensino, Pesquisa e Extensão (DEPE), contribuindo decisivamente para a formação de mais de 10 profissões da saúde e oferecendo nove Programas de Residência Médica e dois Programas de residência multiprofissional, em parceria com instituições de ensino superior (UFC, UVA, UNINTA e FLF).
A Santa Casa mantém albergues para idosos, pacientes renais crônicos e pacientes oncológicos, realiza atendimentos clínico-cirúrgicos básicos e também procedimentos que necessitam de alta densidade tecnológica, como neurocirurgia, neurorradiologia intervencionista, oncologia, cirurgia e hemodinâmica cardiovascular, terapia intensiva, terapia renal substitutiva e transplante de córneas. Oferece ainda auxílio espiritual cristão a todos que necessitam de atenção hospitalar.
No ano de 2018, o hospital realizou cerca de 80 mil atendimentos ambulatoriais divididos em suas respectivas especialidades, mais de 20 mil internações, 22 mil cirurgias e um total de 417.318 atendimentos de apoio e diagnóstico.
A Santa Casa de Misericórdia de Sobral também compõe a Rede Cegonha de Sobral/CE desde 2012, dispondo de uma Maternidade de referência à gestação de alto risco tipo II, habilitada como Hospital Amigo da Criança desde 2003, configurando-se como a única maternidade referência para Gestações de Alto Risco a toda a população da Região Norte e Noroeste do Estado do Ceará. No ano passado, a Maternidade da SCMS contabilizou a realização de 5.348 partos.
Nova gestão
A nova administração da Santa Casa tem como diretor geral Klebson Carvalho Soares, que tem pautado sua gestão adotando como prioridade os aspectos Financeiro, Qualidade, Humanização e Comunicação. Em pouco mais de 4 meses sob nova direção, a instituição comemora importantes conquistas, avanços e melhorias nos processos internos de assistência.
Dentre uma série de medidas, a Santa Casa implantou o serviço de Oncologia, com o aumento de cinco cirurgiões oncologistas e um quimioterapeuta, unificando Cirurgia, Quimioterapia e Radioterapia. Para esse setor, também foi adquirida uma pastilha de Cobalto para potencializar a bomba de cobalto, melhoria que unida ao Acelerador de Partículas, equipamento já existente na Santa Casa, triplica a capacidade de atendimento aos pacientes oncológicos de toda a região Norte do Estado do Ceará.
Já na Maternidade, foi implantado o acolhimento com classificação de Risco. O setor também sofreu uma reforma estrutural, com a aquisição de leitos, berços, Ultrassom e Cardiotocógrafo. O setor de Hemodiálise também passa por melhorias estruturais. Neste primeiro semestre, já foram adquiridas 20 máquinas e 40 poltronas para este importante serviço de Hospital.
A melhoria nos processos internos do hospital também resulta numa assistência de maior qualidade aos pacientes. Pensando nisso, a Santa Casa passou a adotar o prontuário eletrônico em todos os setores. A medida  otimiza o tratamento ao paciente, uma vez que possibilita a todos os setores a agilidade na assistência.
“A Santa Casa possui uma grande missão que é o atendimento da saúde da região noroeste do Ceará, e estamos cientes desta responsabilidade que cai sobre os nossos ombros. Implantamos uma gestão técnica onde buscamos eficiência, segurança aos nossos pacientes e sustentabilidade para a Instituição. Somente desta maneira podemos apresentar transparência e credibilidade, situações fundamentais para o sucesso da nossa Santa Casa de Sobral. Agradeço a confiança do Dom Vasconcelos em nos colocar no cargo de diretor geral e farei de tudo para não decepcioná-lo”, destaca o diretor geral da Santa Casa, Klebson Soares.