SIGA NOSSOS CANAIS

BNB abre financiamento estudantil para 16 instituições no Ceará


 Confira as instituições conveniadas no Ceará

Centro Universitário Ateneu

Centro Universitário Católica de Quixadá

Centro Universitário Farias Brito

Centro Universitário Inta

Centro Universitário Sete de Setembro

Cisne - Faculdade de Quixadá

Cisne - Faculdade Tecnológica de Quixadá

Faculdade Juazeiro do Norte

Faculdade de Quixeramobim

Faculdade do Vale do Jaguaribe

Faculdade Luciano Feijão

Faculdade Metropolitana da Grande Fortaleza

Faculdade Novo Tempo de Itapipoca

Faculdade Paraíso do Ceará

Faculdade Princesa do Oeste

Universidade de Fortaleza.

O Banco do Nordeste (BNB) abriu nesta sexta-feira, 21, inscrições para o Programa de Financiamento Estudantil (P-Fies). No Ceará, 16 universidades e faculdades estão habilitadas. A modalidade de empréstimo é disponibilizada pelo Ministério da Educação (MEC) para cursos de graduação.

As inscrições podem ser realizadas a partir de 25 de junho até 1º de julho, somente pelo site do MEC. Para se candidatar a uma vaga, o aluno deve ter renda máxima de cinco salários mínimos por integrante da família, ter participado de ao menos uma edição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) a partir do ano de 2010, ter obtido nota igual ou superior a 450 pontos e não ter zerado a redação.

O candidato não precisará se dirigir a nenhuma agência bancária para obter o crédito. Mas será necessário complementar alguns dados no site da instituição financeira. Após o período de inscrições, o BNB disponibilizará agências itinerantes nas universidades habilitadas, de acordo com a demanda dos estudantes, a partir de agosto, para colher documentos e assinatura dos contratos.

A taxa para o P-Fies gira em torno de 6,8% ao ano. São juros pós-fixados (não informados na hora da aplicação) compostos de recursos subsidiados do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE), operado pelo BNB. O estudante também precisa ter, necessariamente, um avalista.

Na área de atuação do banco, que compreende os nove estados do Nordeste, além do Norte de Minas Gerais e do Espírito Santo, são atualmente 122 instituições particulares de ensino superior conveniadas, com abrangência para mais de 800 cursos. Para ter habilitação, os cursos precisam ter avaliação positiva no MEC.