SIGA NOSSOS CANAIS

Estádio Romeirão começa a ser demolido para se transformar em Arena

Obra em Juazeiro do Norte vai durar até dois anos e tem custo de R$ 80 milhões

Maior palco esportivo de Juazeiro do Norte, o Estádio Municipal Mauro Sampaio, conhecido como Romeirão, começou a ser demolido nesta semana para dar lugar a uma Arena. O projeto da prefeitura da cidade tem valor estimado em R$ 80 milhões, arcados pelo Governo do Estado, e prazo de até dois anos para encerramento da obra.

O objetivo do novo equipamento é utilizá-lo para grandes shows na região do Cariri. Segundo o secretário de esporte de Juazeiro do Norte, Luciano Basílio, a Arena Romeirão terá 16.400 assentos e será um marco na história do futebol cearense.


"Juazeiro deu um 'boom' muito grande por ser o maior estádio do interior do Brasil. A reforma vai ser um marco histórico para todo o Ceará. O Governo do Estado que está bancando, a contrapartida do município é apenas o terreno, que já existia. Nada dos cofres públicos juazeirenses está saindo", explicou.

A Arena Romeirão terá capacidade 16.400 assentos

NOVA ESTRUTURA
A Arena Romeirão vai ser utilizada como museu, com foca na história do futebol em Juazeiro do Norte, região do Cariri e Estado do Ceará. O espaço vai receber camarotes, cinco vestiários, cabines para transmissão, dois telões, placar eletrônico e torres de led.