SIGA NOSSOS CANAIS

Drone com serra e celular é apreendido sobrevoando presídio em Aquiraz


Um drone foi derrubado por agentes penitenciários por volta das 21h deste sábado (31) enquanto sobrevoava a Unidade Prisional Irmã Imelda Lima Pontes, em Aquiraz, na Região Metropolitana de Fortaleza.

O Sistema Verdes Mares apurou que o equipamento carregava uma serra, um aparelho celular e um cabo USB. Os agentes não conseguiram capturar operadores do aparelho na área externa.

Uso de drones vira rotina

Não é a primeira vez que utilizam esse tipo de equipamento para entrar em presídios cearenses com celulares e outros materiais proibidos. Em junho, um drone também foi derrubado por agentes da Penitenciária Instituto Presídio Olavo Oliveira (IPPOO) II, em Itaitinga, Região Metropolitana de Fortaleza. 

"O drone sobrevoava o presídio. Nosso pessoal estava atento, os agentes de plantão estão atentos a este tipo de situação e treinados para isso. Visualizou e abateu somente com um tiro. Tiro de calibre 12. Arma específica para abater esse tipo de sobrevoo. O pessoal está bem treinado nesta parte não só para abater drone, para rechaçar qualquer tipo de resgate. Então foi fácil derrubá-lo”, afirmou à época o secretário da Administração Penitenciária, Mauro Albuquerque.

Ainda conforme o secretário, em entrevista concedida em junho ao Sistema Verdes Mares, não existe um balanço de quantos drones já foram apreendidos sobrevoando as unidades prisionais no Ceará, mas revela que a estratégia tem se repetido. "Nós temos atiradores bem treinados e drones superiores, com câmera de visão noturna, que identificam o calor do corpo humano e são utilizados para monitorar outros drones", acrescentou