SIGA NOSSOS CANAIS

MANCHAS DE ÓLEO JÁ ATINGIRAM PELO MENOS 21 PRAIAS DO CEARÁ


O número de praias do Ceará já atingidas pelo vazamento de petróleo cru subiu para 21 na noite de ontem (24) depois que os resíduos chegaram a mais três áreas do litoral. A contaminação mais recente foi vista na Praia de Parajuru, em Beberibe; Canoa Quebrada e Melancias, em Icapuí, quando moradores confirmaram a presença de manchas de óleo em alto mar. 
Na manhã de quinta-feira (24) uma ação emergencial realizada pela Prefeitura de Icapuí, em conjunto com a Marinha do Brasil e auxílio de voluntários, retirou 700 kg da substância do mar e da faixa de areia. Todo o material recolhido foi levado para análise em Fortaleza. A proposta é que os resíduos retirados dos nove estados nordestinos sejam direcionados para indústria do cimento, no Ceará, além da Bahia, Sergipe e Paraíba.
De acordo com a Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace), cerca de 1.350 litros de óleo já foram encaminhados para uma fábrica de cimento, em Sobral, na região Norte do Estado. A Pasta espera ainda receber mais 1,5 mil litros da substância que foi recolhida pela Prefeitura de Aracati na última quarta-feira (23) para ter a mesma destinação.

O óleo se aproximou do litoral de Aracati ainda no fim da tarde da última terça-feira (22). No dia seguinte, o cenário na orla foi completamente alterado. O guia Aislan da Silva estava fazendo um passeio turístico pela praia de Canoa Quebrada quando identificou pequenos pedaços de óleo. “À medida que fomos avançando, as manchas iam se intensificando. Tive que interromper o roteiro devido a grande quantidade de petróleo na praia. A gente vinha acompanhando as notícias de invasão nas outras praias, mas não esperávamos que fosse atingir Canoa Quebrada”, relata.