SIGA NOSSOS CANAIS

Ceará tenta ser visitante indigesto para estragar a festa do Flamengo


Diante de um Maracanã lotado, o Vovô deve encarar um elenco reserva do Flamengo e pode surpreender o atual campeão brasileiro. Um resultado positivo é fundamental para o time alvinegro se manter fora do Z-4

O momento inspira cuidados. Independentemente de adversário, a realidade do Ceará é difícil com o clube à beira da zona de rebaixamento. E se o temor do torcedor está tão forte, a única reação possível é voltar a vencer, isso para escapar do Z-4, pelo menos, na 35ª rodada. A próxima partida: Flamengo, hoje, às 21h30, no Maracanã.

Justamente o campeão brasileiro e também da Libertadores. A equipe mais letal da América do Sul e representante do continente no Mundial de Clubes. Credenciais que o tornam favorito, mas jogam a favor do Vovô, que tem nas mãos uma oportunidade de se fechar e buscar um ponto ou tentar surpreender para sair com um triunfo épico.


A indecisão tem berço no trabalho de Adilson Batista, que costuma mexer no sistema tático entre uma partida e outra. Sem o zagueiro Luiz Otávio, suspenso, o técnico ressaltou que pode entrar em campo com um trio de defensores formado por Eduardo Brock, Valdo e Tiago Alves. Dessa forma, o time seria escalado no 3-5-2, assim como foi no último Clássico-Rei. Já se o padrão for mantido, a expectativa é o 4-2-3-1 com o meia Thiago Galhardo entre os titulares. Vale ressaltar que o volante William Oliveira, em fase de transição, e o atacante Willian Popp, por opção técnica, nem sequer viajaram com a delegação para o Rio.

"Estou super feliz com o que aprendo com Jorge Jesus. Agora é um jogo. Lembro que o Ceará foi lá no ano passado, tomou um sufoco e fez um gol no finalzinho. Futebol é isto, nós vamos marcar e neutralizar independentemente (de o Flamengo) vir com um time alternativo. Tem cobrança, festa, e nós temos os nossos objetivos. Vamos fazer um jogo digno da nossa camisa", afirmou Adilson Batista.