SIGA NOSSOS CANAIS

Exame de jovem com suspeita de coronavírus em Sobral dá negativo para H1N1 e outros vírus


Assessora da Vigilância e Regulação da Saúde do Estado diz que houve atraso na coleta para exames do paciente

O paciente com suspeita de coronavírus no Ceará teve o resultado de exames preliminares divulgado pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesa). Os exames deram negativo para os vírus mais comuns no Estado e no Brasil, a exemplo da influenza, H1N1 e adenovírus. Ele está internado desde a última quarta-feira, 29, no Hospital Regional Norte (HRN) em Sobral.

De acordo com a assessora da Vigilância e Regulação da Saúde do Estado, Magda Almeida, é descartado inicialmente o chamado painel viral, quando são feitos os exames das viroses mais comuns.
"O exame é feito por uma técnica de biologia molecular (RT-PCR), que é a mesma técnica usada para diagnosticar o coronavírus, mas há um jeito específico de realizar a análise para cada doença", explica.

O material coletado no Ceará está com a Fiocruz, no Rio de Janeiro, que deverá confirmar ou descartar a suspeita de coronavírus. Na instituição, são refeitos todos os exames com a técnica de biologia molecular para atestar os resultados e chegar no diagnóstico final.

O Ministério da Saúde deu o prazo de até sete dias para divulgar oficialmente se os casos suspeitos de coronavírus no Brasil serão confirmados ou descartados.

"Nesse caso houve atraso na coleta do exame porque não tinha sido coletado na técnica correta assim que foi identificado como suspeito", destaca. "Não foi coletado material adequadamente. É importante que os hospitais estejam preparados para essa coleta porque é uma coisa que já deveria ser padrão". O paciente estava em um hospital da rede Unimed antes de ser transferido para o HRN.

Na China, o coronavírus já matou 259 pessoas e outras 11.791 estão infectadas. Brasil tem 16 casos suspeitos.

Fonte: Jornal o povo.