12 de abr. de 2019

CASO GLEYDSON CARVALHO! ACUSADOS CONDENADOS, HOMEM PEGOU 27 ANOS DE CADEIA E MULHERES 23 ANOS CADA



A justiça camocinense julgou e condenou os primeiros acusados pela morte do radialista Gleydson Carvalho, 33 anos. O crime que teve repercussão mundial ocorreu no dia 06 de Agosto de 2015 aqui em Camocim. Na época uma dupla invadiu os estúdios da Rádio Liberdade e executou o radialista com vários tiros enquanto ele apresentava seu programa.
Tribunal do Juri
O Juiz Mikhail de Andrade realizou o julgamento através do Tribunal do Juri que se realizou extraordinariamente no Plenário Deputado Murilo Aguiar, na Câmara dos Vereadores. O réu Thiago Lemos foi julgado à revelia e foi condenado a 27 anos de prisão. As acusadas Gisele de Sousa Nascimento e Regina Rocha Lopes, ambas presentes ao julgamento, foram condenadas a 23 anos de prisão cada. Ainda de acordo com as informações enviadas ao blog Camocim Polícia 24h, seis pessoas ainda serão julgadas no processo.
Camocim Polícia 24h

Compartilhe essa notícia com seus amigos:

Publicação anterior
Próxima publicação

Destaque

A vítima foi uma mulher identificada por Viviane Carla Bonfim, ela morreu no início da manhã de hoje (28), na avenida principal que dá acess...

Continue lendo