20 de ago. de 2019

Governador do RJ vai à Ponte Rio-Niterói e comemora desfecho de sequestro de ônibus

O governador do Estado do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, comemorou o desfecho do sequestro de um ônibus na Ponte Rio-Niterói na manhã desta terça-feira (20). O sequestrador, chamado William Augusto Nascimento, foi baleado e morto por um atirador de elite após três horas e meia de cerco. Os 37 reféns foram libertados sem ferimentos. Segundo Witzel, os reféns e os familiares do sequestrador serão amparados pelo estado. Ele disse ainda que a família do homem chegou a pedir desculpas pelo ocorrido. “Conversei com familiares dele, um deles me pediu desculpa. Mas ele queria pedir desculpas e pediu à toda sociedade, pediu desculpas aos reféns, disse que alguma coisa falhou na criação e a mãe está muito abalada. Vamos também cuidar da família dele, tentar entender o problema para que outros não ocorram", afirmou Witzel. O governador chegou ao local em um helicóptero e celebrou após desembarcar. Ele definiu o trabalho como uma ação "técnica" das forças de segurança e parabenizou os policiais militares e policiais rodoviários federais. "O ideal é que todos saíssem com vida, mas tivemos que tomar a decisão de salvar os reféns", disse. O criminoso fez reféns dentro de um ônibus desde as 6h desta terça-feira (20). O coletivo estava parado na Ponte Rio-Niterói. Não se sabe a motivação do sequestrador, mas a PM considera que a ação foi premeditada. Ele afirmava ter um revólver, uma pistola de choque e o combustível. Após o fim do sequestro, a polícia confirmou que ele usava uma arma falsa.

Compartilhe essa notícia com seus amigos:

Publicação anterior
Próxima publicação

Destaque

A vítima foi uma mulher identificada por Viviane Carla Bonfim, ela morreu no início da manhã de hoje (28), na avenida principal que dá acess...

Continue lendo