16 de abr. de 2020

BOLSONARO AUTORIZA "OPERAÇÃO DE GUERRA" PARA TRAZER 960 TONELADAS DE EQUIPAMENTOS DA CHINA PARA COMBATE AO CORONAVÍRUS


O Presidente Bolsonaro autorizou a sequência de 40 voos e deve começar nesta quarta-feira. Primeira leva deve chegar ao país até dia 21 

O ministério da Infraestrutura classificou como "operação de guerra" o esquema montado para trazer da China 960 toneladas de equipamentos nas próximas semanas. A operação envolve uma sequência de 40 voos que devem ocorrer ao longo das próximas "seis a oito semanas", conforme estimou o ministro da infraestrutura. 
O Presidente Jair Bolsonaro determinou e a operação começa nesta quarta-feira com o voo de dois Boeing 777 da Força Aérea Brasileira que estão em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos. A estimativa é que as aeronaves deixem a China no final de semana e cheguem ao Brasil no máximo no dia 21. Os aviões devem para em Doha, no Catar, para abastecer e seguem até o Aeroporto Internacional de Guarulhos. 
No Brasil, o ministério da Saúde receberá o equipamento e fará a distribuição usando o espaço de porão de aeronaves comerciais que operam em malha mínima. Nos estados, serão usados os sistemas rodoviários.  
Gomes afirmou que foram testadas várias rotas seguras para o trajeto. O caminho pode ser realizado via Oriente Médio, parando em Dubai, Doha ou Tel Aviv, em Israel.  Há também opções pela África, passando pelo Togo ou pela Etiópia. 

Fonte: R7



Compartilhe essa notícia com seus amigos:

Publicação anterior
Próxima publicação

0 comentários:

Destaque

A vítima foi uma mulher identificada por Viviane Carla Bonfim, ela morreu no início da manhã de hoje (28), na avenida principal que dá acess...

Continue lendo