29 de abr. de 2020

NOTA DE ESCLARECIMENTO!!


A Santa Casa de Misericórdia de Sobral vem por meio desta nota esclarecer sobre a denúncia de um profissional de enfermagem do setor de Urgência e Emergência sobre a não disponibilização de Equipamentos de Proteção Individual (EPI) a esses profissionais.
Após a situação caótica de pandemia ocasionada pela Covid-19, o mundo todo se viu despreparado para lidar com esse vírus e todo o sistema de saúde mundial vem passando por diversas dificuldades para dar a atenção necessária a todos os doentes, inclusive aos profissionais de saúde no quesito segurança biológica. A Santa Casa sempre se preocupou com a segurança de seus servidores e tem, nesse período crítico em que vivemos, demandado todos os esforços na aquisição desses equipamentos de segurança, assim como para aquisição de produtos para os doentes dessa doença. Vale ressaltar que a falta de matéria prima, o isolamento social, os decretos dos governadores e a falta de recursos na área da saúde, tem sido fortes empecilhos na aquisição desses EPIs.
Seguindo as normas orientadas pela Organização Mundial de Saúde (OMS), Ministério da Saúde e Anvisa, todos os EPIs são disponibilizados de acordo com essas recomendações. Estamos atualmente em parceria com diversas instituições na produção de mais EPIs para garantir o fornecimento e a segurança de todos os nossos profissionais. Contamos com a parceria dessas instituições na produção de protetores faciais, itens a mais na segurança desses profissionais, mas em uma produção lenta, e precisamos fornecer não só para a Santa Casa, mas a todas as entidades de saúde de toda a região Norte que necessitem para o enfretamento a essa doença. A aquisição de máscaras cirúrgicas tem sido feita incansavelmente pela Instituição para que esta não venha faltar aos nossos profissionais. Em relação às máscaras N95, vale ressaltar que existem indicações estabelecidas pelos órgãos de saúde (OMS, Ministério da Saúde e ANVISA), e todo protocolo tem sido respeitado e seguido pela Instituição. Cabe também ressaltar que todos os profissionais da linha de frente que estão em contato direto com pessoas doentes ou suspeitos pela Covid-19, possuem seus EPIs de proteção, incluindo, médicos, enfermeiros, fisioterapeutas, fonoaudiólogos, nutricionistas, psicólogos, técnicos de enfermagem e de laboratório. Os demais profissionais também possuem seus EPIs disponibilizados respeitando todas as normas de biossegurança estabelecidas pelos órgãos competentes.
O Complexo Santa Casa de Misericórdia de Sobral possui diversas linhas de frente, incluindo, Hospital Santa Casa com Urgência e Emergência, UTIs adulto e pediátrica, Hemodiálise, Quimioterapia, Maternidade, Ortopedia e Centro Cirúrgico, Clínica Dom Odelir com pacientes em tratamento de Hemodiálise, Hospital do Coração com Emergência, UTIs e Centro Cirúrgico, e todos estão com seus equipamentos de proteção exigidos.
Desde já, agradecemos pela oportunidade de esclarecimento e estamos sempre à disposição para trabalharmos em prol da nossa população com excelência em saúde, humanização e transparência

Compartilhe essa notícia com seus amigos:

Publicação anterior
Próxima publicação

Destaque

A vítima foi uma mulher identificada por Viviane Carla Bonfim, ela morreu no início da manhã de hoje (28), na avenida principal que dá acess...

Continue lendo