14 de abr. de 2020

Nota de pesar pelo falecimento de Dom Aldo di Cillo Pagotto


“Eu sou o caminho, a verdade e a vida” (João 14, 6)

A Diocese de Sobral lamenta com profundo pesar o falecimento de Dom Aldo di Cillo Pagotto, Arcebispo emérito da Paraíba, ocorrido na tarde desta terça-feira (14), aos 70 anos.
Dom Aldo di Cillo Pagotto nasceu no dia 16 de setembro de 1949, em Santa Bárbara D'Oeste - SP. Com o desejo de ser padre, ingressou ainda jovem na Congregação do Santíssimo Sacramento. Em 1977 foi ordenado presbítero e professou os votos perpétuos na Congregação do Santíssimo Sacramento. Bacharelou-se em Filosofia e fez especialização em Teologia Dogmática na Universidade Gregoriana de Roma de 1988 a 1991.
Como padre, exerceu diversas funções: Administrador paroquial de Caputira - MG, professor de Teologia Fundamental no Seminário Diocesano de Caratinga, Vigário paroquial da Catedral de Belo Hotizonte, Vigário paroquial de Santa Ifigênia, co-formador dos filósofos da Congregação dos Sacramentinos, Vigário paroquial de São Benedito, Vigário episcopal da Região Metropolitana de Fortaleza, professor de Teologia Fundamental no Instituto Teológico Pastoral do Ceará, Vice-provincial dos Sacramentinos e Vigário Geral da Arquidiocese de Olinda e Recife.
Em 1997, São João Paulo II o nomeou para ser Bispo Coadjutor da Diocese de Sobral. Foi sagrado bispo por Dom Cláudio Hummes, na Catedral de Fortaleza, no dia 31 de outubro de 1997. Assumiu o governo da Diocese de Sobral em março de 1998 e aqui ficou como Bispo Diocesano até maio de 2004. Neste período foi eleito presidente do Regional Nordeste 1 da CNBB. Em 5 de maio de 2004 foi nomeado por São João Paulo II para suceder a Dom Marcelo Carvalheira na Arquidiocese da Paraíba, onde permaneceu até o dia 6 de julho de 2016, quando o Papa Francisco aceitou a sua renúncia. Desde então estava residindo com seus irmãos Sacramentinos em Fortaleza, onde desde algum tempo travava uma luta contra o câncer.
Nesse momento de dor, a Diocese de Sobral se solidariza com a Arquidiocese da Paraíba e com os Padres Sacramentinos e convida a todos, fiéis e comunidades paroquiais, a se unirem em oração por Dom Aldo, para que ele seja acolhido por Deus em paz como um fiel servo do Evangelho. Ao mesmo tempo, agradece ao Senhor pelo bem que ele semeou entre nós através de seu ministério episcopal, quando foi pastor desta Igreja particular. 
Deus o recompense na eternidade por seu testemunho de fé e pelo serviço realizado à Igreja e à sociedade e lhe dê vida em abundância.

Sobral-CE, 14 de abril de 2020

Dom José Luiz Gomes de Vasconcelos
Bispo Diocesano


Compartilhe essa notícia com seus amigos:

Publicação anterior
Próxima publicação

0 comentários:

Destaque

A vítima foi uma mulher identificada por Viviane Carla Bonfim, ela morreu no início da manhã de hoje (28), na avenida principal que dá acess...

Continue lendo