24 de nov. de 2020

UNINTA inicia movimento solidário e adere a campanha ‘AME CLARA’


O Centro Universitário Inta (UNINTA) se aliou às outras instituições mantidas pela AIAMIS, e iniciou um movimento solidário para ajudar e mobilizar a comunidade acadêmica acerca da campanha ‘Ame Clara’, por meio do I Encontro Interinstitucional Online de Fisioterapia (I INTERFISIO).

Além do UNINTA, os acadêmicos da Faculdade Alencarina de Sobral (FAL) e a Faculdade Ieducare de Tianguá (FIED) também participaram do evento, que foi realizado durante os dias 21 a 23 de outubro. E, todo dinheiro arrecadado por meio da taxa de inscrição, foi destinado à campanha solidária. A pequena Clara, tem apenas 1 ano e 8 meses de vida e foi diagnosticada com Amiotrofia Muscular Espinhal (AME), e necessita de tratamento.

Sobre a iniciativa, o coordenador do Curso de Fisioterapia do UNINTA, Prof. Me. Rômulo Goulart, falou sobre a iniciativa da movimentação solidária em torno, “quando tomamos conhecimento da causa, durante a organização, optamos por cobrar uma taxa para participação e todo valor arrecadado foi destinado a ela. E, enquanto instituição que tem o selo de responsabilidade social, optamos por fazer desse evento não só um evento com contexto científico, como também contemplar esse cunho de responsabilidade social”, destaca.

Saiba mais sobre a campanha ‘AME CLARA’

Diagnosticada com Atrofia Muscular Espinhal (AME), tipo 1, a pequena clarinha mora em Sobral, e corre contra o tempo para conseguir uma dose única do medicamento da TERAPIA GENICA (Zolgensma), um medicamento revolucionário, fabricado nos Estados Unidades e que custa aproximadamente R$ 12 milhões. O tratamento pode ajudar a se recuperar da doença que é rara e neuromuscular degenerativa.

Saiba como ajudar

Através de campanhas virtuais, familiares e amigos da clarinha estão realizando uma “vaquinha online”. E você pode contribuir com qualquer valor.

Faça sua doação:  www.vakinha.com.br/vaquinha/ame-clara-clara-ribeiro-silva

Não esqueça de compartilhar essa notícia!

Publicação anterior
Próxima publicação

0 comentários: