6 de jan. de 2021

ADOLESCENTE DE 13 ANOS ESPANCADA ATÉ A MORTE SONHAVA EM SER INFLUENCER

A morte de uma adolescente de 13 anos de idade, que era conhecida como Keron Ravach, chocou a cidade de Camocim, distante 457 km de Fortaleza. A estudante foi espancada até a morte, atingida com pauladas e socos. Amigos relatam que Keron era tímida, mas tinha o sonho de ser conhecida e se tornar uma digital influencer. Ela estava passando por um processo de transição de gênero. Keron foi morta na madrugada dessa segunda-feira, 4. O principal suspeito, um adolescente de 17 anos, foi apreendido. A vítima faria 14 anos no dia 28 deste mês. A rotina dela, conforme os amigos, era estudar e jogar carimba toda semana na praça da cidade. A maioria dos colegas que jogavam com ela eram da comunidade LGBTQ e, depois das partidas, seguiam todos para tomar banho de mar. A adolescente era criada por uma familiar e tinha aproximadamente 10 irmãos, mas que moravam com famílias diferentes. A mãe de Keron morreu há um ano, conforme O POVO apurou com um colega da vítima, de aneurisma cerebral. (Foto: Arquivo pessoal) Fonte: opovo online


Não esqueça de compartilhar essa notícia!

Publicação anterior
Próxima publicação

0 comentários: