31 de jan. de 2021

Enfermeira que transportava 70 doses de vacina contra a Covid-19 tem carro roubado na Paraíba

 

Imunizante foi recuperado depois de os suspeitos abandonarem o veículo. Secretaria Municipal de Saúde informou que a profissional da saúde tinha autorização para transportar e manusear as vacinas

Uma enfermeira que transportava 70 doses da vacina de Oxford contra a Covid-19 teve o carro roubado por dois homens armados, na manhã deste domingo (31), em Campina Grande, no Agreste da Paraíba. As informações são do G1.

De acordo com a Polícia Militar, a vítima foi surpreendida pelos suspeitos quando deixava o Hospital de Emergência e Trauma Dom Luiz Gonzaga Fernandes, por volta das 8h, logo após a imunização dos trabalhadores de saúde do local.

Também segundo a PM, as doses que estavam no veículo teriam sobrado e seriam levadas de volta, dentro de um freezer portátil, para a Secretaria Municipal de Saúde de Campina Grande.

Quase no fim da manhã, por volta das 11h30, a PM recebeu a informação de que o carro roubado teria sido abandonado na cidade de Puxinanã, também no Agreste do estado. Quando a equipe chegou ao local, notou que as vacinas estavam na parte de trás do carro.

Conforme a Polícia Militar, os assaltantes levaram pertences pessoais da enfermeira como celular, bolsa e notebook. No entanto, nenhum imunizante foi roubado.

Em nota, a Secretaria Municipal de Saúde, informou que a enfermeira atua como gerente de atenção básica do município e é integrante do Comitê Municipal de Imunização. Assim, ela tem a autorização para transportar e manusear as vacinas.

Ainda de acordo com a nota, "a equipe da secretaria avaliou o acondicionamento das vacinas, que estavam na temperatura certa e foram recuperadas".

A pasta também informou que registrou um Boletim de Ocorrência na Central de Polícia Civil, que investigará o caso e que também vai apurar internamente as circunstâncias do roubo. Até 14h40 deste domingo nenhum dos suspeitos foi identificado ou detido. 

Não esqueça de compartilhar essa notícia!

Publicação anterior
Próxima publicação

0 comentários: