17 de jan. de 2021

Superlotado, maior pronto-socorro do AM recusa novos pacientes

Ambulâncias que chegaram ao hospital 28 de Agosto por volta de 13h precisaram buscar vagas em outras unidades.

O colapso no sistema de saúde ocorre após recorde de novas internações por Covid-19. A superlotação também gerou falta de oxigênio nos hospitais. Por conta do caos, o governo começou a transferir internados para outros estados brasileiros.

O Hospital e Pronto-Socorro 28 de Agosto passou a reduzir o oxigênio disponibilizado aos pacientes para “racionar o uso”, nesta quinta (14). Familiares protestaram em frente à unidade revoltados com a medida.

Mais de 223 mil pessoas foram infectadas pela Covid em todo o estado, e mais de 5,9 mil morreram até esta quinta-feira (14). O boletim atualizado pela Secretaria Estadual de Saúde apontou que mais de 1,5 mil pessoas com Covid estavam hospitalizadas.

Fonte: Portal G1

A imagem pode conter: carro e atividades ao ar livre, texto que diz "中 SESAM HOSPITA PRONTO SOCORRO 28 DE AGOSTO AMAZONAS"

Não esqueça de compartilhar essa notícia!

Publicação anterior
Próxima publicação

0 comentários: