26 de fev. de 2021

Em Sobral, casal de profissionais de saúde oficializam noivado em leito de UTI


Após quatro dias com o namorado, Carlos, internado na UTI Covid-19 do Hospital Regional Norte (HRN) em que trabalham juntos, Dayse decidiu oficializar o casório.

Em Sobral, um casal de profissionais da saúde decidiu oficializar o noivado em um leito de UTI. A enfermeira Dayse Rodrigues, 32, se viu com medo de perder o então namorado e técnico de enfermagem Francisco Carlos Henrique Mesquita Fernandes, 28, após ele testar positivo para Covid-19 e ser internado no hospital em que ambos atuam. No dia seguinte à entrada na UTI do Hospital Regional Norte (HRN), Dayse o pediu em casamento - e o "sim" veio ali mesmo, na cama do hospital.

Carlos relembra que testou positivo para a doença no dia 9 de fevereiro após sentir sintomas como dores nas costelas e nas costas, além de febre. Após testes rápidos e busca ao serviço básico de saúde, houve piora dos sintomas e o técnico precisou ser internado no hospital em que trabalhava junto de sua namorada.

Foram quatro dias da UTI Covid-19 da unidade, realidade que acendeu em Dayse o medo da perda do par, com quem divide rotina no trabalho e na vida pessoal há 11 anos. "Somos pais de quatro crianças, mas eu nunca quis oficializar (o casamento). E esse era um sonho dele. Quando vi meu coração ali, decidi que iria dar a ele essa alegria", conta.

A enfermeira então decidiu oficializar o pedido ali mesmo, no HRN. "Dei uma rosa a ele. Ele cheirou e, quando viu que ela abria, desabou", conta. O sonho do casamento era antigo para Carlos. “Falar sobre o noivado é algo mágico. Fui pego de surpresa”, relembra o técnico.

Agora noiva, Dayse compartilha os sentimentos de ver o marido internado na UTI do hospital em que trabalham juntos. "Foi um momento ímpar entregar 'minha metade' à equipe que faço parte. Mas tive muita confiança na competência de todos ali", agradece. Carlos já recebeu alta hospitalar e agora poderá viver novas alegrias com Dayse e a família em casa. Fonte: O povo

Não esqueça de compartilhar essa notícia!

Publicação anterior
Próxima publicação

0 comentários: