12 de mar. de 2021

Câmara dos Deputados aprova, em 2º turno, PEC autoriza nova rodada de auxílio emergencial


Para a família monoparental chefiada por mulher: R$ 375;
Casal: R$ 250; Homem sozinho: R$ 175.

Câmara dos Deputados aprova, em 2º turno, PEC que autoriza nova rodada de auxílio emergencial

A Câmara dos Deputados aprovou, nesta quinta-feira (11), em 2º turno a proposta de emenda à Constituição (PEC) que autoriza o pagamento de uma nova rodada do auxílio emergencial, além de prevê mecanismos para evitar o descontrole dos gastos públicos. Por 366 votos a favor, 127 contra e três abstenções, o texto-base da chamada PEC Emergencial foi aprovado em 2º turno na casa legislativa.

Pagamento do auxílio emergencial

De acordo com o Governo Federal, as parcelas do auxílio emergencial serão menores que as que foram pagas no ano passado, na durante primeira onda da pandemia do novo coronavírus. Segundo Guedes, os valores da nova rodada irão ser de R$ 175 a R$ 375, sendo, em média, R$ 250. Segundo ele, a distribuição será feita da seguinte forma:

Para a família monoparental chefiada por mulher: R$ 375;
Casal: R$ 250; Homem sozinho: R$ 175.

Não há uma data firmada para o início do pagamento. O governo ainda deverá editar uma Medida Provisória (MP) que determinará o calendário, além de outros detalhes. O plano é iniciar os pagamentos ainda em março, provavelmente no dia 18, mas os pagamentos seguirão um calendário ainda a ser divulgado.

Não esqueça de compartilhar essa notícia!

Publicação anterior
Próxima publicação

0 comentários: