25 de mar. de 2021

[VÍDEO] PCCE desarticula esquema fraudulento que movimentou cerca de R$ 35 milhões

A Polícia Civil do Estado do Ceará realizou, nesta terça-feira (23), uma operação na cidade de Itapipoca com o objetivo de desarticular um grupo criminoso envolvido em crimes de estelionato, falsa identidade, falsidade ideológica, associação criminosa e lavagem de dinheiro. As investigações realizadas durante seis meses apontam que os alvos teriam movimentado cerca de R$ 35 milhões.

Foram apreendidas seis armas de fogo, mais de R$ 50 mil reais, joias, milhares de cartões bancários, onze carros de luxo, uma motocicleta, além de 23 imóveis sequestrados e bloqueio de contas bancárias dos alvos investigados.

As investigações iniciaram a partir das apurações do crime de lavagem de dinheiro. A ação consistia na conversão de recursos financeiros oriundos do estelionato, que gerava lucros e era convertido em patrimônio. O patrimônio, como apontam os levantamentos policiais, era registrado em nome de “laranjas”, sendo esta, a forma de ocultação dos bens, configurando assim o crime de lavagem de dinheiro. Ainda conforme as investigações, os crimes eram cometidos contra instituições financeiras mediante a abertura de contas fraudulentas com a utilização de documentos falsificados.

Entre os 16 alvos, dez foram devidamente localizados e cumprida a medida cautelar de utilização das tornozeleiras. A operação contou com o apoio da Secretaria da Administração Penitenciária (SAP), que mandou equipes de policiais penais para instalar os equipamentos de monitoração nos alvos. Também foram cumpridos quatro mandados de prisão preventiva contra quatro pessoas. Um dos alvos, um homem, também foi autuado em flagrante, pois, no momento da prisão, foram encontradas quatro armas de fogo.

Todo o material apreendido foi transferido para Fortaleza. Os ilícitos servirão de subsídio para a continuidade das investigações da Delegacia de Combate aos Crimes de Lavagem de Dinheiro (DCCLD). Os carros apreendidos foram: dois Camaros, três Corollas, dois Jeep Compass, duas Hiluxs, uma Trailblazer, um Argo e uma motocicleta XRE 300 cilindradas. A PCCE já trabalha na solicitação de alienação antecipada dos veículos para a preservação do valor financeiro e eventual reversão em favor do Estado.

Não esqueça de compartilhar essa notícia!

Publicação anterior
Próxima publicação

0 comentários: