5 de mai. de 2021

Veja como será a prioridade da 3ª fase de vacinação contra Covid-19 no Ceará

 

A 3ª fase da vacinação contra a Covid-19 começará, no Ceará, com a chegada das vacinas da Pfizer. O lote, com 17.550 doses do imunizante, desembarcou na tarde desta segunda-feira (3), no Aeroporto de Fortaleza.

Conforme resolução da Comissão Intergestores Bipartite do Estado do Ceará (CIB-CE), haverá sete níveis de prioridade de acordo com a comorbidade das pessoas a serem vacinadas, além de seis faixas etárias.

As gestantes e puérperas não serão enquadradas na ordem de prioridade por faixa etária.

VEJA COMO SERÁ A HIERARQUIA DA PRIORIDADE PARA ESTA ETAPA DA IMUNIZAÇÃO NO CEARÁ:

PRIORIDADE POR COMORBIDADE

Prioridade 1: Cardiopatia

Prioridade 2: Diabetes

Prioridade 3: Obesidade (IMC > 40)

Prioridade 4: Doença neurológica

Prioridade 5: Pneumopatia

Prioridade 6: Doença renal crônica

Prioridade 7: Imunodeficiência

PRIORIDADES POR FAIXA ETÁRIA

Prioridade 1: 55 a 59 anos

Prioridade 2: 50 a 54 anos

Prioridade 3: 45 a 49 anos

Prioridade 4: 40 a 44 anos

Prioridade 5: 30 a 39 anos

Prioridade 6: 18 a 29 anos

DOCUMENTAÇÃO PARA TERCEIRA FASE

As pessoas com comorbidades e/ou com deficiências permanentes graves deverão apresentar documento comprobatório durante a 3ª fase da Campanha Nacional de Vacinação contra a Covid-19 no Ceará.

No caso dos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS), será possível procurar uma Unidade Básica de Saúde próxima para obter esse tipo de documento. Ainda assim, para cearenses que utilizam a rede particular, basta fazer solicitação ao médico responsável pelo acompanhamento. Veja os modelos.

3ª FASE EM FORTALEZA

Na Capital, segundo a Secretaria Municipal da Saúde (SMS), o público prioritário desta nova fase deve realizar cadastro na plataforma Saúde Digital, da Secretaria da Saúde do Estado (Sesa).

A SMS orienta que pessoas que realizaram o preenchimento dos dados no sistema e não receberam confirmação do cadastro por e-mail podem consultar se deu certo o procedimento pelo telefone 0800 275 1475.

Fonte: Diário do Nordeste

Não esqueça de compartilhar essa notícia!

Publicação anterior
Próxima publicação

0 comentários: