23 de jun. de 2021

EUA enviarão 3 milhões de doses da Janssen ao Brasil nesta quinta, 24


 Três milhões de doses da vacina Janssen, enviadas pelos Estados Unidos ao Brasil, sairão de aeroporto da Flórida nesta quinta-feira, 24, com destino ao aeroporto de Viracopos, em Campinas. Este é o maior número de vacinas contra a Covid-19 doadas pelos EUA para qualquer país até o momento. O imunizante em questão, do grupo Johnson & Johnson, é aplicado em dose única. Lote com 1,5 milhão de doses chegou ao Brasil nessa terça-feira, 22.

A doação ao Brasil demonstra o objetivo do governo estadunidense em combater a Covid-19 em regiões mais afetadas, segundo afirma Juan Gonzales, principal assessor do presidente Joe Biden para a América Latina. A Casa Branca havia apresentado plano para compartilhar 55 milhões de doses na segunda-feira, 21. 14 milhões estariam destinadas à América Latina e ao Caribe, incluindo o Brasil.

Conforme informações do portal G1, cerca de 75% das doações serão enviadas a países em desenvolvimento e distribuídas por meio do Covax Facility, programa de compartilhamento de vacinas coordenado pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Os outros 25% irão para “prioridades regionais”. As doações cumprem promessa de Biden para compartilhar vacinas produzidas no país (60 milhões de doses da AstraZeneca e mais 20 milhões da Pfizer, da Moderna e da Johnson & Johnson).

Além disso, outras 500 doses da Pfizer são compradas e doadas pelos Estados Unidos a 92 países de baixa renda e à União Africana no próximo ano. 200 milhões de doses — o suficiente para proteger totalmente 100 milhões de pessoas — serão compartilhadas este ano, com o restante a ser doado no primeiro semestre de 2022.

Não esqueça de compartilhar essa notícia!

Publicação anterior
Próxima publicação

0 comentários: