19 de jul. de 2021

Bolsonaro recebe alta e sinaliza que vetará Fundo Eleitoral de 6 bilhões

Jair Bolsonaro teve alta e deixou o hospital Vila Nova Star na manhã deste domingo (18) em São Paulo, após tratamento da obstrução intestinal. Ele estava internado desde a última quarta-feira (14). Ao deixar o hospital, presidente comentou pela primeira vez a aprovação da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) com aumento do “Fundão Eleitoral” de R$ 6 bilhões pelo Congresso Nacional, atacando o vice-presidente da Câmara dos Deputados. Marcelo Ramos (PL) rebateu a acusação de Bolsonaro de que ele seria o responsável pela aprovação do fundo eleitoral. 

“Ele deveria é dizer que vai vetar, mas vai tentar arrumar alguém para responsabilizar também. É típico dele e dos filhos correr das suas responsabilidades e obrigações”, disse. Mais cedo Bolsonaro afirmou; “O responsável por aprovar isso aí é o Marcelo Ramos, lá do Amazonas (…) Pelo amor de Deus o estado do Amazonas ter um parlamentar como esse”, justificou Bolsonaro. Segundo mostra o Portal da Câmara dos deputados, a Direita em peso votou pela aprovação da LDO com “Fundão Eleitoral” de 6 Bilhões. Após repercussão negativa e pressão nas redes, bolsonaristas tentaram recuar e negar a aprovação, culpando a imprensa de Fake News. Mas não explicaram o motivo dos votos na calada do recesso dos trabalhos. Via revista Ceará

Não esqueça de compartilhar essa notícia!

Publicação anterior
Próxima publicação

0 comentários: