19 de jul. de 2021

Cearense de Icó morto em acidente de ônibus em SP vinha visitar a família

A irmã da vítima, Michele Silva, disse que Cícero é natural da cidade de Icó, a 358 km de Fortaleza, e viajava com destino ao município para visitar os parentes.

O pedreiro cearense Cícero Rubismar da Silva, 42 anos, morto em um acidente de ônibus de turismo que caiu em uma ribanceira na Rodovia Washington Luís (SP-310), na cidade de Rio Claro. O veículo seguia de São Paulo para o Ceará. O caso aconteceu na tarde do último domingo, 18. Além de Cícero, duas mulheres também faleceram e pelo menos 37 pessoas ficaram feridas.

Conforme informações, a irmã da vítima, Michele Silva, disse que Cícero é natural da cidade de Icó, e viajava com destino ao município para visitar os parentes. Ela afirma que o corpo do irmão foi reconhecido pela sobrinha, na manhã desta segunda-feira, 19.

"Ele morava em Jundiaí. Viveu a vida inteira em São Paulo. Ela ia e vinha, ia e vinha e estava vindo para visitar a família dele", disse Michele. Cícero era casado e tinha dois filhos. A família pretende trazer o corpo dele para ser velado em Icó e pede ajuda para custear o traslado do corpo, que custa R$ 5.800, segundo a irmã. "A gente é uma família pobre e não tem condições", afirma Michele.

Não esqueça de compartilhar essa notícia!

Publicação anterior
Próxima publicação

0 comentários: