5 de ago. de 2021

Covid: morre mulher que era esperada pelo marido no gramado do hospital


Morreu de Covid-19 na tarde da última quarta-feira, 4, Cristiane Fagundes Hahn. A história dela ganhou repercussão após internação no Hospital Metropolitano de Várzea Grande, no Mato Grosso, seguida do ato de seu marido. O empresário Jarcedi Hahn esperava pela recuperação da esposa no gramado do hospital desde o dia 11 de julho.

Jarcedi passou todos os dias sentado em uma cadeira esperando a recuperação da esposa. O homem estava sempre com uma cadeira vazia ao lado. Conforme publicado pelo G1, Jarcedi disse que aguardava a mulher ter alta para que o casal retornasse para Sapezal, cidade onde moram. O casal tem três filhos.

Além disso, no início desta semana, o empresário receberia a primeira dose da vacina no município onde mora. Para que o homem não saísse de perto da esposa, a Prefeitura de Sapezal enviou a dose para que os profissionais de Várzea Grande fizessem a aplicação.

A mulher, de 42 anos, foi infectada pelo vírus há mais de um mês e ficou entubada. Na semana passada, Cristiane apresentou melhora e retirou o tubo. Contudo, dias depois, ela apresentou piora no quadro de saúde e foi entubada novamente. Uma das filhas foi visitar a mãe, mas quando chegou, ela já tinha morrido.

Não esqueça de compartilhar essa notícia!

Publicação anterior
Próxima publicação

0 comentários: