9 de ago. de 2021

Policial Militar é assassinado, em Russas, após pedir para baixarem o som


Na noite deste sábado (07), um sargento da Polícia Militar foi assassinado a tiros após pedir para pessoas baixarem o som de um veículo em alto volume na cidade de Russas, no interior do Ceará. O policial atuava na 3ª Companhia do 9º Batalhão Policial Militar. De acordo com a Secretariaria da Segurança Pública, o policial Carlos Eduardo de Santiago Ribeiro, 40 anos, estava em um estabelecimento comercial, onde três homens colocaram o som de um veículo em alto volume. O sargento foi até onde eles estavam e pediu para que desligassem o som. Em seguida, o trio se retirou do local.

Minutos depois, ainda de acordo com a secretaria, dois homens em uma motocicleta chegaram ao estabelecimento, e um deles efetuou disparos de arma de fogo contra o policial. A Perícia Forense foi acionada e colheu os primeiros levantamentos sobre a ocorrência.

Segundo relato de testemunhas que estavam acompanhados com o policial militar, um veículo de marca Gol de cor verde de placas não anotadas, com três indivíduos em seu interior chegou no local e colocaram o som do veículo em alto volume que estava ali próximo ao “Boutiquim Gold”. Em determinado momento o policial se dirigiu até o veículo citado e solicitou aos ocupantes que desligassem o som.

O proprietário fechou o porta-malas e se retirou dali. Foi quando em torno de 10 minutos, chegaram dois indivíduos em uma motocicleta de características não anotadas e o garupeiro desceu e efetuou um disparo de arma de fogo (possivelmente cal 12) contra o policial o qual veio a óbito no local. Após o crime, os indivíduos fugiram tomando destino ignorado. O Sargento Eduardo é natural de Russas mas há 5 anos presta serviço em Morada Nova.

(*) Com informações de Raquel Tavares, da Rádio FM 98.5, em Russas

Não esqueça de compartilhar essa notícia!

Publicação anterior
Próxima publicação

0 comentários: