19 de out. de 2021

Hemoce adota novo medicamento para o tratamento de pacientes com hemofilia A

 


O Centro de Hematologia e Hemoterapia do Ceará (Hemoce), começa a oferecer uma nova medicação para o tratamento de pessoas com hemofilia A. Chamada de Emicizumabe, a substância atua prevenindo hemorragias em pessoas com o distúrbio, de forma mais rápida e eficaz. Segundo a instituição, a medicação vai beneficiar pessoas que já tentaram fazer o tratamento convencional, mas apresentaram resistência mesmo com altas dosagens.

De acordo com o Hemoce, o Emicizumabe é injetado sob a pele (via subcutânea) e imita a função do fator de coagulação VIII. Ele promete mais eficácia no organismo de algumas pessoas que apresentaram resistência às medicações anteriores. O remédio passou a ser disponibilizado em setembro pelo Ministério da Saúde (MS) para os hemocentros do País.

A hemofilia é um distúrbio genético que impede a coagulação do sangue. Dessa forma, as pessoas com o diagnóstico tendem a sangrar por mais tempo e podem ter hemorragias internas. A deficiência pode ser na proteína do fator de coagulação VIII ou IX. A ausência das proteínas é identificada como hemofilia A ou B, respectivamente

“É uma verdadeira revolução no tratamento de pacientes com hemofilia A com inibidores, pois esses pacientes costumam apresentar muitos sangramentos no decorrer do ano e, com essa medicação, os episódios reduzem consideravelmente, com alguns pacientes apresentando zero sangramento no decorrer do ano”, pontua Luany Mesquita, diretora de Hematologia do Hemoce.

Referência no Ceará

O Hemoce é o único centro de referência do Ceará para o atendimento das pessoas com hemofilia em todas as faixas etárias. Atualmente, são cerca de 540 pacientes com o distúrbio em todo o Estado. O diagnóstico é feito por meio de análise laboratorial que verifica a dosagem do fator de coagulação no sangue. O Hemoce Fortaleza disponibiliza o exame para investigar a hemofilia, realizado de segunda a sexta-feira, das 7h às 18h.

Não esqueça de compartilhar essa notícia!

Publicação anterior
Próxima publicação

0 comentários: