13 de jan. de 2022

Somente 19,9% das crianças de 5 a 11 anos estão cadastradas para receber a vacina contra a Covid no Ceará


Somente 19,9% das crianças de 5 a 11 anos estão cadastradas na plataforma Saúde Digital para receber a vacina contra a Covid-19 no Ceará, segundo informou o governador Camilo Santana por meio das redes sociais, na manhã desta quinta-feira (13).

O número corresponde a 183 mil crianças cadastradas, das 904 mil existentes no Estado dentro dessa faixa etária.

" Superamos as 183 mil crianças entre 5 e 11 anos cadastradas no sistema de vacinação da Secretaria da Saúde, de um total de 904 mil em todo o estado. Reitero a importância de os pais ou responsáveis realizarem esse cadastro o quanto antes...", diz um trecho da publicação de Camilo Santana.

O primeiro lote de vacinas pediátricas contra Covid-19, com 55.100 doses da Pfizer, está previsto para chegar ao Ceará na manhã desta sexta-feira (14). Conforme Camilo, com a chegada das doses, a vacinação das crianças está prevista para começar já no sábado (15).

"As vacinas pediátricas da Pfizer devem chegar amanhã cedo ao Ceará e a imunização das nossas crianças será iniciada até este fim de semana. Juntos vamos superar essa pandemia!", disse o governador.

A vacina ministrada nas crianças será da Pfizer, uma versão diferente da dos adultos. O intervalo entre as doses serão de oito semanas e ainda não há informações sobre a necessidade do reforço. De acordo com o Ministério da Saúde, a aplicação de doses será em ordem decrescente de idade, das mais velhas para as mais novas.

Como cadastrar crianças para se vacinar

Os pais ou responsáveis devem fazer o cadastro das crianças na plataforma Saúde Digital, da Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) e aguardar a divulgação do cronograma de imunização.

É preciso apresentar o número do CPF e do Cartão Nacional do SUS (CNS). O número do CNS pode ser obtido por meio do ConecteSUS, do aplicativo Mais Saúde Fortaleza ou pelo cartão do plano de saúde da criança.

Não esqueça de compartilhar essa notícia!

Publicação anterior
Próxima publicação

0 comentários: