14 de mai. de 2022

Delegado da PF é rebaixado após investigar filho de Bolsonaro, diz coluna


O delegado da Polícia Federal (PF) Hugo de Barros Correa, ex-superintendente da PF no Distrito Federal, foi rebaixado de cargo após investigação que envolve Jair Renan Bolsonaro, filho “04” do presidente Jair Bolsonaro (PL).

O policial estaria atuando com a parte burocrática da entidade, sendo responsável pela implementação interna do plano de saúde. A informação foidivulgada pela Coluna do Estadão, na última quinta-feira, 12.

Correa atuou em um inquérito que investiga suspeita de tráfico de influência de Jair Renan, que teria facilitado encontros entre empresários e membros do governo e outro das fake news, que investiga ataques de bolsonaristas às instituições brasileiras.

O inquérito sobre possíveis crimes de tráfico de influência e lavagem de dinheiro foi aberta pela PF em março de 2021, na esteira de um procedimento preliminar do Ministério Público Federal sobre o envolvimento de Jair Renan com um grupo empresarial do setor de mineração. A investigação apura suposta atuação do filho do presidente Jair Bolsonaro no agendamento de reunião com ministros de governo.


Não esqueça de compartilhar essa notícia!

Publicação anterior
Próxima publicação

0 comentários: