21 de jun. de 2022

Bandido que já tinha matado PM, pagou com a própria vida ao querer assaltar banco; veja imagens



O responsável pelo assassinato do policial militar do estado do Piauí, Erisvan Mesquita Silva, que aconteceu em novembro de 2019, foi morto na manhã desta segunda-feira (20). O detento tinha acabado de entrar em um banco no município São Mateus (MA) para praticar um assalto, quando foi surpreendido pelo vigilante do local, dando início a uma troca de tiros que resultou na morte do foragido. 

 A tentativa frustrada de assalto ocorreu por volta de 11h e todo o caso foi registrado pelas câmeras de segurança do banco. O criminoso entrou na agência se passando por um cliente e utilizava uma placa de metal na perna esquerda, para conseguir facilitar sua entrada com arma de fogo, já que assim não precisaria passar pela porta giratória que possui sistema de bloqueio. 

 Após conseguir o acesso ao banco, Nilton correu com a arma de fogo apontada em direção ao guarda que vigiava o local. O vigilante efetuou um disparo, acertando o pescoço do fugitivo que, mesmo baleado, continuou disparando em direção ao guarda, mas morreu minutos depois quando tentava fugir do local. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi acionado até o local para socorrer o vigilante que foi atingido com um tiro. Ele não corre risco de morte.

Não esqueça de compartilhar essa notícia!

Publicação anterior
Próxima publicação

0 comentários: