21 de jun. de 2022

Efeito Simaria: Em áudio vazado, empresário expõe duplas que 'se odeiam'



          A conturbarda relação entre as irmãs Simone e Simaria, em evidência nos últimos dias, tem dado o que falar, principalmente no meio sertanejo. Em um grupo no WhatsApp que reúne poderosos empresários, o tema ganhou outras proporções após um áudio enviado por Paulo Tear, contratante de shows da Bahia, que, indignado, revelou que há outras duplas sertanejas que se odeiam, mas que cumprem os contratos de trabalho sem revelar as brigas. O conteúdo foi revelado pelo colunista Leo Dias, do site Metrópoles. 

          No áudio, Tear cita nomes como Zezé Di Camargo & Luciano e Bruno & Marrone, e afirma que eles não se suportam. Ele ainda defende que Simaria, por estar afastada dos compromissos, não deveria receber o pagamento pelas apresentações, que seguem sendo feitas penas por Simone. “Se eu sou prefeito, eu desconto um valor. Não tenho nada a ver com a briga das duas. Zezé Di Camargo & Luciano se odeiam, mas cumpriram todos os contratos cantando juntos. Bruno & Marrone se odeiam, mas cantam juntos, entende? Esses cão nenhum, não gostam de ninguém. Agora, não vir cantar com o cachê lá em cima. Êpa, pera ae! Cachê é R$ 400 mil, R$ 200 é custo, nota fiscal, banda, carreta… já era. Que a banda vem completa. Dos outros R$ 200, é R$ 100 de cada ‘negrinha’. Me dá o R$ 100 dessa aqui não vai não, vai ficar aqui. Não vai cantar. Ou vai ficar em casa e ainda vai receber o cachê? Vai se lascar”, disse Paulo Tear no áudio.

Não esqueça de compartilhar essa notícia!

Publicação anterior
Próxima publicação

0 comentários: